Bailarinos de Anitta plus size, cadeirante e paratleta com síndrome de down conquistam o público.

0
446
Bailarinos de Anitta plus size, cadeirante e paratleta com síndrome de down conquistam o público

Anitta é uma cantora de grande sucesso nacional e internacional. Além disso, é uma artista atenta aos assuntos sociais e repudia qualquer preconceito que seja. Uma forma de provar isso, foi a apresentação dos novos integrantes do seu corpo de bailarinos, sendo os seguintes:

  • Bailarino e modelo plus size, Felipe Campos;
  • Atleta paraolímpica da seleção brasileira de natação, Vanessa Abreu;
  • Portador de Síndrome de Down, Felipe Rodrigues.

Felipe Rodrigues é portador da Síndrome de Down e um dos mais antigos, já que dança com a cantora e compositora Anitta desde 2015.
A oportunidade de dançar com Anitta surgiu quando ele estava na plateia e foi avistado pela cantora. Ele afirma que foi um momento mágico, já que ali houve o convite para integrar o corpo de bailarinos da cantora.
Felipe Rodrigues, antes de dançar para Anittta, também já fez parte do corpo de bailarinos de Valesca Popozuda e Naldo.
Outro integrante do corpo de bailarinos é o Felipe Campus. Ele já está acostumado com a vida agitada, pois trabalha também como modelo plus size. Ele foi bailarino por 11 anos e havia dado uma parada na carreira, mas voltou a convite da coreógrafa de Anitta.
Vanessa Abreu gosta de dançar, desde criança com sua cadeira de rodas, inclusive, já se apresentou com Carlinhos de Jesus.
Além disso, defendeu o Brasil, nos jogos paraolímpicos.
Quando ela não está nos treinos, disponibiliza vídeos na sua conta do Instagram demonstrando sua desenvoltura com diversos ritmos.
Nas apresentações de Anitta, estes bailarinos atraem a atenção de todos, não somente pela simpatia, mas também por toda desenvoltura apresentada nos palcos.
Com os novos integrantes em seu corpo de bailarinos, Anitta quer demonstrar que as pessoas com deficiência ou não, são capazes de superar limites e serem felizes.

Deixe um comentário

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui